1001 álbuns para ouvir antes de morrer
'1001 Albums You Must Hear Before You Die’
22 de Março de 2009

jack takes the floor (1958)

'Jack Takes the Floor' é um álbum lançado na Grã-Bretanha em 1958. Ramblin 'Jack Elliott (Charles Adnopoz Elliot) é um cantor americano de folk. Nascido no Brooklyn, Nova York, Elliot cresceu em uma comunidade judaica e inspirado pelo rodeios no Madison Square Garden, queria ser um cowboy. Tocando banjo ele visitou a Grã-Bretanha e na Europa o impacto que provocou com sua música foi duradouro. Em 1960, ele havia gravado três álbuns para os britânicos. Em Londres, ele tocou em pequenos clubes e pubs. Quando voltou aos Estados Unidos, Elliott descobriu que ele havia se tornado famoso nos círculos da música folk norte-americana. A guitarra de Elliott teve uma grande influência sobre Bob Dylan. Jack Elliott quando chegou em Nova York, nas introduções das canções de Dylan sempre se referia a ele como seu ‘filho’. Dylan chegou à fama como compositor de música folk e Elliott continuou como cantor. Elliott também influenciou Phil Ochs, cantor de protesto americano e compositor que era conhecido por sua inteligência afiada, humor sarcástico, humanismo e ativismo político.


01. San Francisco Bay Blues
02. Ol’ Riley
03. The Boll Weevil
04. Bed Bug Blues
05. New York Town
06. Old Blue
07. Grey Goose
08. Mule Skinner Blues
09. East Texas Talking Blues
10. Cocaine
11. Dink’s Song
12. Black Baby
13. Salty Dog
14. Brother Won’t You Join in the Line?
15. There Are Better Things to Do


download:
Jack Takes the Floor (1958)


jack elliot - san francisco bay blues






publicado por mara* às 01:02 link do post
traduza para

Google-Translate-Portuguese to French Google-Translate-Portuguese to German Google-Translate-Portuguese to Italian Google-Translate-Portuguese to Japanese Google-Translate-Portuguese to English Google-Translate-Portuguese to Russian Google-Translate-Portuguese to Spanish
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
agradeço a visita



1001 albums you must hear before you die


É um livro de referência musical editado por Robert Dimery, co-fundador da Revista Rolling Stone e que escreve para a Time Out e Vogue. Originalmente publicado em 2005, o livro é constituído por uma lista de 1001 discos lançados entre 1955 e 2008, escolhidos por críticos, divididos por décadas e organizados em ordem cronológica. O livro foi revisto em 2007, 2008 e 2009, para incluir álbuns recentes. Todos são analisados conforme a importância na época, impacto sobre o público e vendagem. Os brasileiros indicados são analisados por Andrew Gilbert, especialista em música brasileira. Os 1001 discos não são unanimidade e o ‘porque’ de uns estarem no livro e outros não, são perguntas inevitáveis, há muita porcaria e muitos esquecidos.
ferramentas

página inicial página inicial
contato contato
twitter siga-me
feed facebook
recomende recomende
receba atualizações

Enter your email address: