1001 álbuns para ouvir antes de morrer
'1001 Albums You Must Hear Before You Die’
23 de Março de 2009

sings the gershwin song book (1959)

‘Sings the Gershwin Song Book’ lançado pelo selo Verve em 1959 tem a leveza e dicção perfeitas de Ella, os arranjos magníficos de Nelson Riddle, as melodias e as letras dos maiores compositores do século XX, George Gershwin e Ira Gershwin, os que mais contribuíram para o repertório norte-americano. Uma das mais apuradas e sentimentais vozes do jazz, Ella Fitzgerald cantou com algumas big-bands e ficou célebre pela serenidade que transmitia ao interpretar canções de George e Ira Gershwin e de Cole Porter. Conhecida pela versatilidade e musicalidade em ‘Sings the Gershwin Song Book’ a simbiose é perfeita entre ela e o maestro Nelson Riddle. O álbum é uma aula de música popular sofisticada e extremamente romântica. Além da qualidade, estes CDs são um tributo à integração racial; uma mulher negra, dois irmãos judeus, um maestro anglo-saxão. Não existem barreiras para o talento. Infelizmente, se Ella estivesse começando nos dias de hoje, enfrentaria mais preconceito do que na época em que começou. Já famosa sofreu preconceito por parte dos donos de hotéis e restaurantes em suas excursões ao sul dos EUA; hoje, Ella sofreria a discriminação por ser gorda, algo inaceitável, quando a imagem é muito mais importante que a voz. ‘Sings the Gershwin Song Book’ é um tônico balsâmico contra o lixo que ouvimos hoje. Neste conjunto de três CDs a orquestração é rica, a arte da música está na interpretação e Ella capta a essência e interpreta Gershwin como nenhum outro artista, não tenta personalizar a canções como Sinatra fez com a música de Cole Porter.


Tracklist CD 1
01. Sam And Delilah
02. But Not For Me
03. My One And Only
04. Let’s Call The Whole Thing Of
05. Beginner’s Luck
06. Oh, Lady Be Good
07. Nice Work If You Can Get It
08. Things Are Looking Up
09. Just Another Rhumba
10. How Long Has This Been Going
11. ‘S Wonderful
12. The Man I Love
13. That Certain Feeling
14. By Strauss
15. Someone To Watch Over Me
16. The Real American Folk Song
17. Who Cares

Tracklist CD 2
01. Looking For A Boy
02. They All Laughed
03. My Cousin In Milwaukee
04. Somebody From Somewhere
05. A Foggy Day
06. Clap Yo’ Hands
07. For You, For Me, For Evermore
08. Stiff Upper Lip
09. Boy Wanted
10. Strike Up The Band
11. Soon
12. I’ve Got A Crush On You
13. Bidin’ My Time
14. Aren’t You Kind Of Glad We Di
15. Of Thee I Sing (Baby)
16. The Half Of It, Dearie Blue
17. I Was Doing All Right
18. He Loves And She Loves

Tracklist CD 3
01. Love Is Sweeping The Country
02. Treat Me Rough
03. Love Is Here To Stay
04. Slap That Bass
05. Isn’t It A Pity
06. Shall We Dance
07. Love Walked In
08. You’ve Got What Gets Me
09. They Can’t Take That Away Fro
10. Embraceable You
11. I Can’t Be Bothered Now
12. Boy! What Love Has Done To Me
13. Fascinatin’ Rhythm
14. Funny Face
15. Lorelei
16. Oh, So Nice
17. Let’s Kiss And Make Up
18. I Got Rhythm


Sings the Gershwin Song Book (1959)

download:
CD 1    CD 2    CD 3

ella fitzgerald - but not for me






publicado por mara* às 01:14 link do post
traduza para

Google-Translate-Portuguese to French Google-Translate-Portuguese to German Google-Translate-Portuguese to Italian Google-Translate-Portuguese to Japanese Google-Translate-Portuguese to English Google-Translate-Portuguese to Russian Google-Translate-Portuguese to Spanish
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
agradeço a visita



1001 albums you must hear before you die


É um livro de referência musical editado por Robert Dimery, co-fundador da Revista Rolling Stone e que escreve para a Time Out e Vogue. Originalmente publicado em 2005, o livro é constituído por uma lista de 1001 discos lançados entre 1955 e 2008, escolhidos por críticos, divididos por décadas e organizados em ordem cronológica. O livro foi revisto em 2007, 2008 e 2009, para incluir álbuns recentes. Todos são analisados conforme a importância na época, impacto sobre o público e vendagem. Os brasileiros indicados são analisados por Andrew Gilbert, especialista em música brasileira. Os 1001 discos não são unanimidade e o ‘porque’ de uns estarem no livro e outros não, são perguntas inevitáveis, há muita porcaria e muitos esquecidos.
ferramentas

página inicial página inicial
contato contato
twitter siga-me
feed facebook
recomende recomende
receba atualizações

Enter your email address: