1001 álbuns para ouvir antes de morrer
'1001 Albums You Must Hear Before You Die’
28 de Março de 2010

green onions (1962)

‘Green Onions’ é o álbum de estréia do ‘Booker T. & the MG's’, uma banda americana de soul instrumental classificados no subgênero do Memphis soul. Foram uma das primeiras bandas integradas racialmente na era do rock e ficaram conhecidos por seu hit instrumental "Green Onions". Popular nas décadas 60 e 70 o grupo foi um dos mais prolíficos, respeitados e imitados de seu tempo. Os membros originais do grupo eram Booker T. Jones (órgão, piano), Steve Cropper (guitarra), Lewie Steinberg (baixo), e Al Jackson Jr. (bateria). O álbum ‘Green Onions’ lançado pela Stax Records, em 1962, alcançou a classificação 33º na parada de álbuns pop nos meses de seu lançamento. O hit ‘Green Onions’ é uma grande canção, mas o álbum "Green Onions" não é tão emocionante e fica cansativo depois de ouvir uma ou duas canções. Aliás, dependendo do seu estado de espírito, até o hit que tanto sucesso fez, é uma chatice.


01. Green Onions
02. Rinky Dink
03. I Got A Woman
04. Mo’ Onions
05. Twist And Shout
06. Behave Yourself
07. Stranger On The Shore
08. Lonely Avenue
09. One Who Really Loves You
10. You Can’t Sit Down
11. A Woman, A Lover, A Friend
12. Comin’ Home Baby


download:
Green Onions (1962)


booker t. and the mg’s - green onions






publicado por mara* às 08:09 link do post
traduza para

Google-Translate-Portuguese to French Google-Translate-Portuguese to German Google-Translate-Portuguese to Italian Google-Translate-Portuguese to Japanese Google-Translate-Portuguese to English Google-Translate-Portuguese to Russian Google-Translate-Portuguese to Spanish
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
agradeço a visita



1001 albums you must hear before you die


É um livro de referência musical editado por Robert Dimery, co-fundador da Revista Rolling Stone e que escreve para a Time Out e Vogue. Originalmente publicado em 2005, o livro é constituído por uma lista de 1001 discos lançados entre 1955 e 2008, escolhidos por críticos, divididos por décadas e organizados em ordem cronológica. O livro foi revisto em 2007, 2008 e 2009, para incluir álbuns recentes. Todos são analisados conforme a importância na época, impacto sobre o público e vendagem. Os brasileiros indicados são analisados por Andrew Gilbert, especialista em música brasileira. Os 1001 discos não são unanimidade e o ‘porque’ de uns estarem no livro e outros não, são perguntas inevitáveis, há muita porcaria e muitos esquecidos.
ferramentas

página inicial página inicial
contato contato
twitter siga-me
feed facebook
recomende recomende
receba atualizações

Enter your email address: