1001 álbuns para ouvir antes de morrer
'1001 Albums You Must Hear Before You Die’
24 de Março de 2009

sunday at the village vanguard (1961)

‘Sunday at the Village Vanguard’, mesmo com Bill Evans, um notório perfeccionista, relutante em gravar, foi gravado ao vivo em 1961 no Village Vanguard de Nova York, ao longo de cinco sessões. O trio do pianista e compositor Bill Evans na época, incluía o baixista Scott LaFaro e o baterista Paul Motian. LaFaro foi morto em um acidente de carro dez dias depois da gravação. Evans e o produtor Orrin Keepnews selecionaram as faixas executadas no domingo que mostra o magistral desempenho de LaFaro no baixo, começando e terminando com duas faixas compostas por ele, “Gloria’s Step” e “Jade Visions”. Este álbum é rotineiramente classificado como um dos melhores discos de jazz ao vivo de todos os tempos. O material adicional foi lançado em um segundo disco ‘Waltz for Debby’, também em 1961, assim como um outro, o 'Bill Evans - More From the Vanguard'. A morte de Scott LaFaro marcou o fim de uma das combinações mais sublimes da história do jazz instrumental. O intercâmbio entre Evans no piano, LaFaro no baixo e Paul Motian na bateria é como balé em seu equilíbrio emocional, beleza e precisão técnica. A interação entre LaFaro e Evans é inacreditável, uma comunicação quase telepática entre dois músicos.


01. Gloria’s Step
02. My Man’s Gone Now
03. Solar
04. Alice in Wonderland
05. All of You
06. Jade Visions
07. Gloria’s Step
08. Alice in Wonderland
09. All of You
10. Jade Visions


download:
Sunday at the Village Vanguard (1961)


bill evans - gloria's step






publicado por mara* às 04:24 link do post
traduza para

Google-Translate-Portuguese to French Google-Translate-Portuguese to German Google-Translate-Portuguese to Italian Google-Translate-Portuguese to Japanese Google-Translate-Portuguese to English Google-Translate-Portuguese to Russian Google-Translate-Portuguese to Spanish
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
agradeço a visita



1001 albums you must hear before you die


É um livro de referência musical editado por Robert Dimery, co-fundador da Revista Rolling Stone e que escreve para a Time Out e Vogue. Originalmente publicado em 2005, o livro é constituído por uma lista de 1001 discos lançados entre 1955 e 2008, escolhidos por críticos, divididos por décadas e organizados em ordem cronológica. O livro foi revisto em 2007, 2008 e 2009, para incluir álbuns recentes. Todos são analisados conforme a importância na época, impacto sobre o público e vendagem. Os brasileiros indicados são analisados por Andrew Gilbert, especialista em música brasileira. Os 1001 discos não são unanimidade e o ‘porque’ de uns estarem no livro e outros não, são perguntas inevitáveis, há muita porcaria e muitos esquecidos.
ferramentas

página inicial página inicial
contato contato
twitter siga-me
feed facebook
recomende recomende
receba atualizações

Enter your email address: